sábado, 5 de dezembro de 2009

A LEI E AS PROMESSAS

Irmãos, vou usar um exemplo da vida diária: Quando duas pessoas combinam alguma coisa, e assinam um contrato, ninguém pode quebra-lo, ou acrescentar qualquer coisa a ele. Pois Deus fez as suas promessas a Abraão e ao seu descendente. As Escrituras não dizem: E aos seus descendentes, como se fossem muitas pessoas. Mas dizem assim: E ao seu descendente, isto é, a uma pessoa que é Cristo. O que eu quero dizer é isto: Deus fez um acordo e prometeu cumpri-lo. A Lei que veio quatrocentos e trinta anos depois, não pode quebrar aquele acordo, nem anular a promessa de Deus. Pois se aquilo que Deus dá, depende a Lei. Então o que ele dá, já não depende da sua promessa. Mas o que Deus deu para Abraão, ele deu por que havia prometido. Então por que é que foi dada a lei.? Foi dada para mostrar o que é contra a vontade de Deus. A Lei devia durar até quando viesse o descendente de Abraão, pois a promessa foi feita a este descendente. A Lei foi entregue por anjos, e um homem serviu de intermediário. Poré quando se trata de uma só pessoa,  não ha necessidade de intermediário, e Deus é um só. Gálatas 3 de 16 a 20

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

AS PROMESSAS FEITA POR DEUS A ABRAÃO- PROMESSAS DE FÉ

Deus prometeu a Abraão e a seus descendentes, que o mundo ia pertencer a eles. Essa promessa foi feita, não por Abraão ter obedecido a Lei, mas porque ele havia crido em Deus, e havia sido aceito por ele como justo. Pois se o que Deus prometeu vai pertencer aos que obedecerem à lei, a fé que a pessoa tem não vale nada, e a promessa de Deus não tem valor. Porque a Lei traz

castigo de Deus. Mas, onde não ha Lei também não há desobediência da lei. Assim é da fé que as promessas de Deus depende, para que as promessas seja garantida como presente de Deus a todos os descendentes de Abraão. As promessas não é apenas para os que obedecem a lei, mas também para os que crêem em Deus, como Abraão creu, pois ele é o pai Espiritual de todos nós. Como dizem as Escrituras sagradas. Tenho feito que você seja pai de muitas nações. Assim a promessa é garantida por Deus em quem Abraão creu.. O Deus que ressuscita os mortos, e faz existir o que não existia. Abraão teve fé e esperança, mesmo quando não havia motivo para ter esperança. E por isso ele se tornou pai de muitas nações. Como dizem as Escrituras: Os seus descendentes seram muitos. Ele tinha quase cem anos. Mas, quando ele mesmo pensou sobre seu corpo que já estava morto, ou quando lembrou que Sara não podia ter filhos, a sua fé não enfraqueceu. Abraão não perdeu a fé, nem duvidou da promessa de Deus. A sua fé se encheu de poder, e ele louvou a Deus, porque tinha toda certeza de que Deus podia fazer o que tinha prometido, por isso, Abraão por meio da fé, foi aceito por Deus como justo. Não falam sòmente dele. Falam também de nós que cremos em Deus. Que ressuscitou Jesus, o Nosso Senhor; fala de nós que seremos aceitos como justos. Jesus foi entrgue para morrer por causa dos nossos pecados, e foi ressuscitado para sermos aceito por Deus.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

UMA DAS PROMESSAS DO SALMO 91

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, descansará. Isto significa,que se você mora, vive, confía, descança no Senhor, com esperança e na certesa de que ele é com você, então vive em paz. Não duvida, permanesse crendo que ele é quem te guarda, te esconde, na tua sombra, descanças, então dirás, ele é o teu refúgio, teu baluarte e confias nele. è uma das promessas e temos que tomar posse dela,pois se Deus promete e não tomamos posse, não vamos conseguir a benção. Porisso que a palavra fala não fiqueis ociosos por coisa alguma, por que quem cuida de nós é o Deus de Israel. Siguinifica também morar na palavra, estabelecer a sua vida na palavra de Deus. Deus se esconde na sua palavra, então você fica habiando debaixo da potentente mão de Deus.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009